Novos blogs:  postgresql extreme tuning 40 cores 512 GB RAM Debian  debian linux kernel tuning high io  ZFS parte 6: vídeo palestra ZFS para gestores e sysadmins  ZFS parte 5: como comprar ou montar ZFS data storage server  PostgreSQL tuning example


Tech Force / Linux blog / Casos de sucesso com Linux



Right menu

Linux blog recente

PostgreSQL: palestra tuning extremo em hardware 40 núcleos, 80 threads, 512 GB RAM, Debian

Palestra com dicas de tuning extremo para dezenas de milhares de TPS e IOPS com PostgreSQL sobre Debian GNU/Linux.

Não conectado

Notificação


Casos de sucesso com Linux

Empresas, governos e instituições, desde as pequenas até as gigantescas, JÁ ESTÃO colhendo os frutos do uso do Linux.
Quem participa além de usar, ganha ainda mais.

Instalações desde um computador até gigantescas redes com 200 MIL máquinas estão obtendo as vantages de usar e até participar no Linux e código livre.

Opções de suporte técnico Linux

O Linux tem opções gratuitas e pagas.

Com e sem contratos. De consultores individuais a mega corporações multinacionais de serviços.

Com e sem nível de serviço assegurado.

Analise as opções e escolha a mais adequada a suas necessidades.

Casos de sucesso Linux e Código Livre

Debian GNU / Linux

  • Casos de sucesso no site Debian
  • Cobertura sobre o Projeto Debian na imprensa em 2006, 2007, 2008.
  • Reportagem GNULinex, provavelmente a maior rede Debian Linux (derivada) divulgada. Aproximadamente 200 MIL máquinas. Site oficial desta derivada do Debian.
  • Prefeitura de Munique escolhe Debian para seus 14 MIL desktops. Outro link de notícia. A execução da migração dos sistemas legados windows progride em direção à meta de 80% dos desktops em software livre e Debian GNU / Linux personalizado. Mais informações aqui .
  • Europcar escolhe Debian GNU / Linux para 1500 estações. Repare na economia de 5 milhões de Euros apenas devido a aplicação de correções ser diferente, fácil, rápida e centralizada no Debian.
  • Administrador de sistemas do Google elogia a facilidade em administrar grandes redes Debian. Google usa entre 10 MIL a 80 MIL servidores linux.
  • Universidade de Oxford atende 32 mil usuários com Postgresql rodando no Debian
  • Hong Kong Aircrew Officers Association
  • Coletânea de notícias e casos de sucesso Debian no site LinuxForce
  • Caso de sucesso linux: NYFIX usando Debian, site IBM
  • Casos de sucesso Debian linux no site HP. Repare nos casos de sucesso Amazon, DreamWorks e Trinity Mirror (Daily Mirror)
  • Os mais de 120 telecentros de São Paulo usam Sacix, um derivado de Debian. Veja mais.
  • Forças Armadas Brasileiras.
  • A HP preparou uma versão de Debian ( subcontratando a Progeny) conforme as especificações Carrier Grade Linux.
  • A HP emprega vários desenvolvedores oficiais Debian e usa Debian GNU / Linux como plataforma de desenvolvimento interna. Também mantém alguns servidores do projeto e doa equipamentos para infraestrutura.
  • A capital da Áustria, Viena, já iniciou migração de 7500 desktops para código aberto e 4800 desktops para um Debian Linux personalizado.
  • Quem já usa Debian BR-CDD.
  • Datasus usa Debian BR-CDD personalizado nos desktops.E Debian nos servidores.
  • Prefeitura de Praga migra para Debian GNU / Linux e FreeBSD.
  • Departamento de Estado Alemão migra 2500 desktops para Debian GNU / Linux .
  • INSS usa grid computing com Debian GNU / Linux para analisar 4,5 Terabytes de informações .
  • Casos de sucesso Debian GNU / Linux em cidades da Comunidade Européia.
  • Cidade de Viena, Áustria, desenvolveu distribuição baseada no Debian .
  • Província de Bolzano, Itália, migra computadores escolares para Debian .
  • Ministério da Administração Pública da Espanha migra centenas de servidores para Debian GNU / Linux e Red Hat Linux.
  • Prefeitura de Gdansk, Polônia, migra para PostgreSQL, Debian GNU / Linux e outras distribuições.
  • Prefeitura de Fléron, Bélgica, migra para Debian GNU / Linux.
  • Secretaria de Segurança da Informação da Alemanha migra para Debian GNU / Linux. Personalizaram para facilitar a instalação homogênea de configurações e programas que escolheram. É o ERPOSS .
  • Prefeitura de Amsterdã, Holanda, avalia em projeto piloto o uso de Debian GNU / Linux em organizações de bem estar social custeadas.
  • Prefeitura de Arles, França, migra para PostgreSQL, MySQL, Apache, OpenOffice, Debian GNU / Linux.
  • Metrô de São Paulo usa Debian também no desktop desde 2001.
  • Itaipu Binacional usa Debian GNU / Linux também no desktop (1700 estações) e economiza US$ 800.000.
  • Prefeitura de Fortaleza seleciona Debian BR-CDD para uso nos desktops. Leia o relatório de avaliação detalhado no arquivo pdf na página indicada. Não deixe de ler a bibliografia indicada, com vários guias e orientações.
  • Sun Wah Linux ( baseada em Debian Linux) implantará mais de 140 MIL desktops e servidores em escolas. Notícia mais recente informa serem 142 mil desktops e servidores.
  • Pequeno computador embarcado de placa única (Single Board Computer - SBC) brasileiro usa Debian GNU / Linux 3.1 para aplicações de análise de imagens.
  • Pequeno computador embarcado de placa única (SBC) colombiano usa Debian GNU / Linux .
  • ESR Technology , consultoria inglesa de análise de riscos técnicos e ambientais, migra para Debian GNU / Linux e congratula-se por estar livre de ciclos forçados de upgrades, agora ter menor custo de gerenciamento, ter maior estabilidade e velocidade.
  • A Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo , CEAGESP, migrou seus servidores para Debian GNU / Linux.
  • Advanced Science and Technology Institute , do Departamento de Ciência e Tecnologia do governo das Filipinas, lança distribuição personalizada Debian GNU / Linux, o Bayaniham , para uso no governo filipino. Você também pode baixar do site e usar.
  • Celepar economiza R$ 127,3 milhões (US$ 57.6 milhões) com Debian GNU / Linux e softwares livres em 2005. Relatório completo aqui .
  • Departamento de Tecnologia da Informação do Butão lança Debian personalizado para idioma local. Leia anúncio oficial do projeto Debian aqui .
  • Junta de Extremadura, Espanha, migrará computadores do funcionalismo público para versão personalizada ao funcionalismo público de uma já personalizada versão do Debian GNU / Linux, o gnuLinEx, adotado desde 2002 nas escolas públicas. Também padronizará troca e armazenagem de documentos em formatos abertos ODF (ISO / IEC DIS 26300) e PDF/A (ISO 19005-1:2005) . Anúncio oficial Debian aqui . Anúncio oficial da Junta de Extremadura aqui em espanhol. Em inglês, não oficial, aqui .
  • Exército Brasileiro e Ministério da Defesa implantam Debian GNU / Linux .
  • Dental on Line, Paris, França, empresa de hardware e software para consultórios odontológicos, usa Debian e agora até colabora com o desenvolvimento, reduzindo seus custos.
  • Província de Kerala, Índia, usará Debian GNU / Linux personalizado em 12.500 escolas para atender dezenas de milhares de alunos.
  • Northern Marianas College, Saipan, Ilhas Marianas, já usa Debian GNU / Linux Sarge.
  • Prefeita de Fortaleza, Ceará, usa Debian BR-CDD GNU / Linux no desktop , assim como toda a prefeitura. Veja mais detalhes aqui .
  • Veja mais sobre a economia de R$ 127,3 milhões que a Celepar obteve em 2005 usando Debian GNU / Linux. Governador do Paraná fala sobre os benefícios do software livre para o Estado.
  • Utilização de Debian GNU / Linux na Venezuela. SAPI - Servicio Autonomo de la Propriedad Intelectual, Ministério de Ciência y Tecnologia, PNAT - Plan Nacional de Alfabetización Tecnológica, CONATEL (equivalente à Anatel), PDVSA (equivalente à Petrobrás), FONDAFA (fundo para agricultura), SECODENA (Estado Maior das Forças Armadas), DGIM (equivalente à Abin), EDELCA (energia elétrica).
  • Maior rede de comunicações internet por satélite da Austrália, cobrindo 800.000 km2, de New South Wales, usa Debian GNU / Linux.
  • A Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (CEAGESP ) migrou de Windows para Debian GNU / Linux gastando apenas 16 mil reais com uma empresa de consultoria e suporte técnico.
  • O Centro de Inscrição Eleitoral da Nova Zelândia migrou para servidores com banco de dados PostgreSQL rodando sobre Debian GNU / Linux. Na mesma reportagem se pode ler que o domínio .nz é gerenciado a partir de banco de dados em PostgreSQL.
  • Linden Lab, criadores do jogo MMORPG Second Life (que aumenta base de assinantes 20% mensalmente), escolheu Debian GNU / Linux porque tem escalibilidade horizontal massiva (em março 2007 eram 2000 servidores, com planos para aumentar para 10000 servidores) e facilidade de gerenciamento que permite uma equipe de TI enxuta. Também já liberou o gratuito cliente em código aberto para melhorar a versão "alpha" que já tinha portado para Linux.
  • Várias escolas no Japão já usam Debian GNU / Linux e o ministério estuda migrar 400.000 máquinas para Linux.
  • A HP é líder em vendas de servidores com Linux e fecha cada vez mais contratos de suporte para Debian GNU / Linux. Mais informações aqui .
  • O governo da Índia lança distribuição baseada em Debian GNU / Linux. Lembre que a Índia é o segundo mais populoso país do mundo e o sétimo em extensão territorial, com 22 dialetos correntes.
  • Agência de viagens CVC utiliza Debian GNU / Linux em alguns servidores.
  • O governo das Filipinas lança distribuição baseada em Debian GNU / Linux.
  • A cidade de Bristol, Inglaterra, decidiu reciclar, reabilitar computadores antigos instalando Debian GNU / Linux e oferecer à população de baixa renda. Mais detalhes aqui .
  • A cidade de Bristol, Inglaterra, está implantando sua rede wireless pública usando Debian GNU / Linux.
  • A província do Tirol do Sul, Itália, adotou uma personalização do Debian GNU / Linux para informatizar as escolas.
  • O Departamento de Engenharia de Controle, da Faculdade de Engenharia Elétrica, na Universidade Técnica Tcheca, está usando Debian GNU / Linux.
  • O Condado de Carmarthenshire , País de Gales, Reino Unido, migrou 150 escolas e 30 mil alunos e professores para um sistema de email bilíngüe (Galês e Inglês) feito com Debian GNU / Linux.
  • A prefeitura de Madera , Condado de Madera, Califórnia, EUA, migrou infraestrutura de rede e VoIP para Debian GNU / Linux, economizando centenas de milhares de dólares. Mais informações aqui .
  • A prefeitura de Rosario, Província de Santa Fé, Argentina, implanta sua rede pública Wi-Fi usando Debian GNU / Linux.
  • O Partido Verde da Inglaterra e do País de Gales usa Debian GNU / Linux.
  • A prefeitura de Largo , Flórida, EUA, usa solução thin client com Debian GNU/ Linux até com recursos desktop 3D e economizou milhares de dólares.
  • O Ministério da Educação do Brasil, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, adquire 90 mil computadores com Debian GNU / Linux, placas de rede sem fio , roteadores wireless e impressoras laser todos compatíveis com Debian GNU / Linux.
  • O Ministério da Educação do Brasil, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, adquire mais 3 mil servidores com Debian GNU / Linux , cada um com 4 terminais multimídia e impressora conectados.
  • Debian GNU / Linux foi utilizado nos servidores back end na primeira implantação em massa do OLPC.
  • Debian GNU / Linux é o sistema operacional em telefones celulares com vários recursos de última geração.
  • O Ministério das Finanças do governo da Macedônia utiliza Debian GNU / Linux nos servidores.
  • O cantão suíço de Solothurn concluirá a migração de 2000 desktops para Debian GNU / Linux em 2008. Em português aqui.
  • Wellcome Trust Sanger Institute, Inglaterra, usa um cluster Debian com 320 TB de sistema de arquivos "como swap", parte de seu armazenamento de 1,5 PB.
  • O Philippine Atmospheric, Geophysical and Astronomical Services Administration (PAGASA), usa um cluster Debian GNU / Linux para realizar previsões meteorológicas em vez de um supercomputador proprietário e dispendioso.
  • A HP lançou nova solução thin client para uso corporativo, baseada em Debian GNU / Linux. Baixa os custos de administração e implantação corporativa.
  • Debian GNU / Linux roda o supercomputador de 32.8 TFlops no Instituto Max Planck.
  • O Ministério da Educação do Brasil vai implantar 356800 desktops (compartilhamento virtual com terminais em um servidor Debian) nas escolas brasileiras.
  • O estado federativo de Rhineland-Palatinate , Alemanha, escolheu SkoleLinux, do projeto oficial Debian-Edu, para informatizar suas 1700 escolas, por sua estabilidade e qualidade, comunidade de desenvolvimento ativa, sustentável e comprometida, e para propiciar conhecimento tecnológico real para seus alunos, para participarem de um mundo onde capacidade de produzir conhecimento é vital.

Porque o Exército Brasileiro escolheu Debian GNU / Linux

Veja porque o Exército Brasileiro escolheu Debian GNU / Linux.

Outras distribuições

  • Casos de sucesso no site Linux International
  • Casos de sucesso código livre em cidades da Comunidade Européia
  • Casos de sucesso Linux no site IBM
  • Casos de sucesso Linux (Suse) no site Novell
  • Casos de sucesso Linux no site Red Hat
  • Akamai. 14 MIL servidores, 1100 redes em 65 países.
  • New Education Information System (NEIS).10.000 escolas. 8 milhões de alunos. Asianux.
  • COCCS, prestação de serviços a bancos.
  • Dois casos na mesma página: Universidade escolhe Ubuntu Linux; Call center economiza migrando para Linux
  • HP ultrapassa marca de 1 MILHÃO DE SERVIDORES pré-instalados Linux vendidos.
  • Servidores pré-instalados com Linux ultrapassam US$ 1,2 BILHÃO no último quadrimestre, superando US$ 1 BILHÃO pelo terceiro quadrimestre consecutivo. E não estão na conta as instalações feitas após compra do hardware.
  • O governo da Noruega anunciou decisão: TODAS as instâncias terão de usar formatos abertos padrões e um plano para adoção do software livre.
  • A cidade norueguesa de Bergen já está migrando para Linux. Veja mais aqui. Ao longo do processo já descobriu economizar mais do que planejava.
  • No Japão, 21% das empresas já usam Linux, e 22% planejam usar. E nos EUA já são 33%.
  • Casas Bahia, Lojas Renner, Lojas Colombo, Lojas Marabraz, HSBC, Banco do Brasil, Banrisul, Marinha do Brasil, várias prefeituras, SERPRO.
  • GVT (operadora telefonia).
  • Lojas Marisa.
  • Banco Central do Brasil.
  • Agência Estado (jornais).
  • Schenker Asia Pacific adota Linux.
  • Câmara Municipal de Novo Hamburgo, RS.
  • Ministério das Cidades.
  • Pfizer Global Pharmaceutical Group.
  • Prefeitura de Kenosha, WI, USA é 100% Linux. 300 clientes e 20 servidores. Economiza US$ 100 mil por ano.
  • LVM Insurance, Munster, Alemanha. 7700 desktops, 80 servidores. Banca Popolare di Milano, 4500 desktops linux e 70 instâncias linux em mainframe IBM Z series.
  • Departamento de Comércio dos EUA.
  • LA Gym, CA, USA, economizou US$ 400 mil.
  • Medscheme, maior plano de saúde Sul Africano .
  • Camber Corporation , eletrônica militar para aviação.
  • Prefeitura de Mannheim , Alemanha. 120 servidores e 3500 estações.
  • Governo da Suíça , 3000 servidores Linux distribuídos pelo serviço público.
  • Skanska , empreiteira sueca que faturou US$ 16 bilhões em 2004, migrou seus sistemas financeiros para Linux .
  • HiTech Telecom usa Oracle sobre Linux.
  • Royal Bank of Scotland embraces open source.
  • Direction Générale des Impôts de France ( Receita Federal da França) migrou o back-end para 4.000 servidores linux e migrará 80.000 desktops para Linux num plano de 10 anos iniciado em 2000.
  • Linux powers military ground vehicle. Parece até ficção científica o que ele faz, mas é Linux nas Forças Armadas em 2006.
  • Departamento de Defesa Americano encomenda supercomputador Linux com 80 Tera Flops .
  • Lockheed Martin selects Linux for next generation US Navy Aegis weapon system .
  • Boeing to use Linux for US Air Force / UK Royal Air Force C-17 program support.
  • Fabricante australiano de equipamentos automotivos eletrônicos embarcados migra para linux por causa da estabilidade maior e economia.
  • Maior rede de hospitais filantrópicos da Califórnia, USA, começou a usar código livre. Já iniciou piloto no desktop também.
  • Máquinas de sorvete controladas por Linux .
  • Ministério Público Federal, na sua Procuradoria Geral da República, economizará R$ 17 milhões usando software livre.
  • Car Trawler, locadora de carros americana migra para Linux e Java .
  • Coréia do Sul automatizará cidade e universidade com linux e código aberto .
  • Singapore Housing Development Board migrates to Linux on mainframe .
  • Starwood, que opera as reservas para as redes de hotéis Sheraton, Westin, W Hotels, Le Meridien, St. Regis, Four Points, migra sistemas para Oracle rodando em Linux .
  • Exército norte-americano está inclinado a utilizar Linux no seu Future Combat System.
  • Demanda por servidores com linux pré-instalado cresce 20,8% no quadrimestre e alcançam US$ 1,6 bilhões. É o 14º quadrimestre consecutivo de crescimento em dois dígitos. Alcançou US$ 5,7 bilhões em um ano.
  • Hospital das Clínicas adere ao sistema aberto e instala Linux em toda a sua rede.
  • Governo brasileiro já prevê vendas de mais de 1 milhão de computadores populares.
  • Vários fabricantes de equipamentos militares estão adotando uso de Linux e software livre . Por que é mais estável e seguro. E porque é livre.
  • Variante Linux para tempo real roda em aeronave militar .
  • Ministério da Defesa Finlandês seleciona Linux para uso em várias aplicações de missão crítica.
  • Organização de assistência médica e social desiste dos altos custos de soluções Microsoft e adota software livre e Linux.
  • Supercomputador na Espanha , com 2500 processadores, 19 TB de RAM, 390 TB de disco rígido, usará Linux.
  • Metrô de São Paulo economiza R$ 2,56 milhões em 2005 por utilizar software livre.
  • Tribunal de Justiça de Goiás economiza e melhora serviços de informática ao usar software livre .
  • Banco do Brasil completa migração de 35.000 desktops de Windows XP para Linux e inicia migração de outros 30.000 desktops OS/2 para Linux.
  • Secretaria da Receita do Estado da Baixa Saxônia, Alemanha, inicia migração de 12 mil desktops para Linux com KDE. Note que prepararam-se durante 2 anos.
  • Além da Secretaria da Receita do Estado da Baixa Saxônia, 50 mil desktops já usam OpenOffice.org em diversos ministérios, como o Escritório Federal de Finanças do Ministério Alemão de Finanças, que migrou suas operações de back office para dois mainframes rodando Linux, e o Ministério Alemão para Assuntos Estrangeiros, que usa código livre para sua rede de embaixadas mundiais. A prefeitura deSchwäbisch já migrou 400 desktops. A de Mannheim migrará 110 servidores e 3700 desktops. Citadas também as prefeituras alemãs de Treuchtlingen, Leonberg e Isernhagen. Veja mais aqui .
  • Uso de servidores Linux no setor bancário brasileiro cresceu 5% em 2005 enquanto o de servidores windows caiu 13%.
  • Lojas Marabraz realizou migração para Linux em 1220 desktops e 204 servidores. Se livrou dos vírus, cavalos de tróia, e agora tem mais estabilidade, segurança e facilidade de gerenciamento remoto.
  • Dataprev economizará R$ 40 milhões por ano em licenças após migrar para Linux e software livre.
  • Tribunal de Justiça do Distrito Federal usa linux. A Ford Motor Company tem acordo mundial com Suse para utilizar linux. Veja mais aqui .
  • Needham Public Schools, Massachusetts, EUA, usa Linux e software livre .
  • Departamento de Polícia de Kent, Inglaterra, reduz custos em 90% usando Linux e softwares livres.
  • Governo da Bélgica oficializa adoção de formato de documentos aberto ODF e abandona formatos proprietários.
  • Uso de Linux e software livre avança em Wall Street.
  • University of Detroit Jesuit High School and Academy migrou para Linux e softwares livres em 2003, economizou US$ 100.000. E hoje percebe vantagens adicionais do processo planejado.
  • O Ministério da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pesca Marinha do Marrocos migrou seus servidores para Mandriva Linux e já considera migrar os desktops também. Espera obter até 80% de economia.
  • Governo da Croácia padroniza infraestrutura em software livre.
  • Escola primária de Brandon , Atlanta, GA, USA, migrou para terminais LTSP linux , os problemas técnicos reduziram, e os alunos obtiveram as notas mais altas nas provas padronizadas (similar ao nosso "provão").
  • Prefeitura de Groningen , Noruega, faz parcial migração para OpenOffice.org e já economiza US$ 418,500.00 anuais. O objetivo futuro é ter todos os sistemas de informática e desktops em software livre.
  • Life Insurance Corporation of India , 170 milhões de clientes, 2048 escritórios, 100 divisões, 7 regionais, 60 mil funcionários, migrou para Linux.
  • Shangai Stock Communications, China, migrou para Linux.
  • MoneySwitch , prestador de serviços bancários de Sydney, Austrália, migrou para Linux e software livre .
  • Bonhams, Butterfields & Goodman , tradicional (1793) casa de leilões dos EUA, Inglaterra e Austrália, migrou para Linux e software livre , economizando US$ 1.9 milhões anuais e com mais agilidade, estabilidade e controle.
  • Caixa Economica Federal prossegue na renovação dos terminais de automação de 9000 casas lotéricas com 25000 terminais Linux. Já economizou R$ 705 milhões (US$ 323.4 millions) e economizará R$ 232 milhões (US$ 106.4 millions) anualmente.
  • 75% das escolas da Inglaterra já consideram software livrenos ciclos de compra. 68% já usam Firefox.
  • Pesquisa 2005 da National Association of State CIOs (NASCIO ) realizada na conferência anual de 2005 , já mostrava a tendência no uso do software livre em sistemas de informação estatais.
  • Freedom Partners , concessionárias de automóveis do estado de Vermont, USA, migrou para Linux .
  • Lista de casos de migração para software livre e Linux, com dezenas de casos.
  • Mercy Hospital , Baltimore, Maryland, USA, adota Linux e software livre .
  • Governo da Croácia adota política de programas de código aberto.
  • 12500 escolas de ensino médio no estado de Kerala, Índia, passam a usar Linux e programas de código livre.
  • Linux é o sistema operacional do primeiro celular 3.5G da DoCoMo, maior operadora de telefonia móvel do Japão.
  • Nationwide , seguradora com US$ 21 bilhões de patrimônio, 30.000 funcionários, já migrou 12 aplicações de missão crítica para Linux rodando em mainframe e economiza US$ 5 milhões anualmente.
  • ONU pede aos países da Ásia e Pacífico adotarem padrões abertos de formatos de arquivos. Malásia será o primeiro.Filipinas em seguida. O Ministério da Defesa de Singapura já usa.
  • King's College School economizou milhares de euros migrando para software livre e Linux . Deixou de gastar muito tempo consertando sistemas e agora foca esforços no negócio: educação. Mas têm de lutar contra opositores com interesses nesse mercado.
  • Homebush Boys High School, Sidney, Austrália, já começa a utilizar Linux em projeto piloto.
  • Plattsalat , feira orgânica cooperativa de Stuttgart, começa a colher benefícios de utilizar Linux e software livre.
  • Escolas no estado de Indiana, EUA, já adotam Linux para 22 mil estudantes.
  • GoodWill , ONG que há mais de 100 anos agencia empregos similar ao brasileiro SINE, tem 80.000 funcionários e migrou intranet e site para software livre (Linux, Liferay portal sobre Java).
  • NASA testa novos conceitos de robôs para exploração espacial usando Linux e software livre .
  • Howard County Library, Maryland, USA, usa Linux para disponibilizar 300 computadores ao público.
  • Cotton Hill Girls High School, Trivandrum, Índia, atende 4000 estudantes usando Debian Linux.
  • Simulador militar de treinamento em helicópteros usa Linux.
  • Vancouver Community College, Canadá, está usando cada vez mais Linux e software livre.
  • Taleo, empresa de recursos humanos com 500 empregados de San Francisco, CA, USA, economiza com utilização de Linux e softwares livres.
  • Marinha Americana, USA, moderniza sistema AEGIS de armamentos com Linux.
  • Governo da Dinamarca pode economizar US$ 21 milhões em 5 anos se migrar para OpenOffice.
  • Relatório do Primeiro Ministro da França recomenda padronizar em formatos abertos como ODF por vantagens estratégicas e econômicas.
  • Benetech , uma ONG de Palo Alto, Califórnia, USA, já colhe benefícios de usar Linux e software livre.
  • SERPRO migra ferramenta de controle de versão ClearCase para CVS e economizará R$ 1 milhão. Migrando infra estrutura e desktops de Windows para Linux e softwares livres, já acumula economia de R$ 12,6 milhões.
  • Nando's Chicken Restaurants , Inglaterra, cadeia de restaurantes com 230 lojas, automatiza operações usando Linux .
  • A Motorola utilizará Linux na linha de celulares inteligentes a partir de 2007. Mais informações: plataforma Scpl substituirá plataforma Rzr .
  • Tribunal de Contas do Paraná adota software livre (PostgreSQL, BrOffice.org) e Linux.
  • Itaipu Binacional , Paraná, economizou US$ 2,1 milhões em dois anos, utilizando softwares livres e Linux.
  • Vários casos de sucesso citados nesse artigo aqui .
  • 60% das instituições governamentais e públicas da Alemanha vão usar software livre.
  • A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Mórmon) passou a utilizar BrOffice e OpenOffice.org.
  • GNU / Linux decola em satélite tático militar dos EUA. O primeiro de 5 programados para lançamento.
  • Dez das maiores prefeituras da Holanda assinam manifesto pela interoperabilidade, independência de fornecedores, transparência e verificabilidade, e pela durabilidade da acessabilidade à informação. Amsterdan inicia testes com servidores e desktops Linux já no primeiro semestre de 2007.
  • Novell poupou milhões de dólares migrando para Linux. Um processo planejado e de longo prazo.
  • Empresas norte americanas, Alperin, Prevention Partners, Galenicum, Frilac, economizam e redirecionam verbas de licenças para personalizações e adaptações em sistemas ERP de código livre.
  • O Vaticano usa Linux.
  • A municipalidade de Zaragoza, Espanha, migrará para Linux para poupar 1 milhão de Euros anualmente.
  • As escolas da do Distrito Unificado de Windsor, Califórnia, USA, migraram 5000 estudantes e 250 professores para Linux e softwares livres.
  • A Galeria Nacional de Victoria, Austrália, escolheu GNU / Linux para seus servidores de multimídia.
  • A HP fecha contratos para milhares de desktops Linux em clientes.
  • Pequena escola primária da Alemanha migra para Linux.
  • PSA Peugeout Citroën usará Linux em 20 mil estações desktop. A TRW Automotive Inc. também já avalia uso no desktop corporativo em filiais de alguns países. A HP já fornece PCs corporativos com Linux pré instalado sob contratos. Detalhes aqui .
  • Universidade de Melbourne, Austrália, migra para Linux.
  • HSBC contrata licenças e suporte do Novell Linux.
  • Alguns casos de sucesso, como Prefeitura de Munique (Alemanha), Governo da Macedônia, Junta de Extremadura (Espanha), Capital CardiologyAssociates (Nova York, USA), Escolas do Distrito de Windsor (Califórnia, USA), Municipalidade de Zaragoza (Espanha), são analisados nesta página aqui , com links para detalhes adicionais no final.
  • Capital Cardiology Associates , USA, economiza 37% nos primeiros 8 meses de migração para Linux.
  • Assembléia Nacional da França migra para Linux em 1154 desktops. Já estava utilizando Linux em servidores.
  • O Distrito Escolar de Bexley , Ohio, USA, migrará para Linux.
  • Open-Xchange fecha contrato para 1 milhão de contas.
  • Colégio Católico Saint Vincent, Latrobe, Pennsilvanya, USA, migrou para solução de colaboração Zimbra.
  • O portal de aprendizado à distância da Índia foi lançado sobre software livre.
  • Banco do Brasil economizou R$ 89 milhões só por não precisar mais pagar licenças de softwares proprietários depois de iniciar migração para software livre.
  • PayPal colhe os benefícios de escalabilidade , confiabilidade, alta eficiência e disponibilidade por usar milhares de servidores Linux.
  • Mais 700 computadores em telecentros na Venezuela passam a utilizar Linux.
  • Linux ajuda a Biblioteca do Congresso Norte Americano, Whashington, DC, EUA, a salvar a história do país.
  • A prefeitura de São Francisco, Califórnia, EUA, usa o software livre MapGuide como solução GIS para mapear as árvores da cidade.
  • Advanced Info Service Public Company Limited (AIS) operadora de telefonia móvel na Tailândia, economiza milhões de dólares e alcança 100% de disponibilidade de sistemas em março de 2007, desde junho 2003, após migrar para Linux.
  • Linux está sendo usado no sistema de controle de tráfego aéreo da Alemanha, uma aplicação de missão crítica. Na mesma reportagem, você pode ler que a Marinha dos EUA adotou GNU / Linux para a computação de missão crítica de seus novos destroiers DDG 100 Zunwalt.
  • Noruega, Bélgica, Finlândia e França adotam formatos de arquivos em padrões abertos e livres, como o ODF e PDF.
  • As escolas públicas do condado de DeWitt, Michigan, USA, migrarão para OpenOffice.org e economizarão US$ 48 mil, pois os preços das licenças educacionais de MS-Office dobraram em relação ao ano anterior.
  • Os estudantes das escolas públicas do condado Wise County, Decatur, Texas, USA, receberão doação dos equipamentos escolares usados que forem substituídos nas escolas. Os discos rígidos serão formatados e serão instalados apenas softwares livres.
  • A operadora da bolsa de valores Redmaine & Bentley , Leeds, Inglaterra, migrou para GNU / Linux e reduziu tempo de processamento em 88%, custos, e duplicou carteira de clientes.
  • A Bolsa de Valores de Nova York (NYSE ) migrou aplicações JCL, COBOL, CICS, de mainframe a 1600 MIPS, para plataforma distribuida GNU / Linux (x86) e AIX (PowerPC). Sem emulação. Foi porte de aplicações com auxílio de ferramentas e consultoria especializada.
  • A HP fechou contrato de US$ 5,6 billhões com a NASA para fornecimento de computadores (desktops e servidores) com Linux e Unix entre 2007 e 2014.
  • O Departamento de Desenvolvimento e Bem Estar Social (DSWD ) do Governo das Filipinas completou treinamento de todos seus funcionários públicos em Linux e softwares livres como OpenOffice.org, no seu processo de migração para GNU / Linux e software livre.
  • O governo do Japão irá contratar US$ 10,4 bilhões em serviços e máquinas com GNU / Linux em 2008.
  • Em 2006, foram vendidos 1,5 milhões de computadores com Linux e software livre no Brasil, correspondendo a 18% das vendas.
  • Os passageiros da Singapore Airlines podem editar documentos usando StarOffice rodando num servidor GNU / LInux nos aviões, visualizar nos monitores LCD nos assentos e salvar arquivos em seus pen drives USB.
  • O First National Bank , África do Sul, contratou migração de 12 mil desktops em 680 agências, para Linux.
  • Matéria sobre adoção de Software Livre por governos no mundo. Em 2006 já eram 99 governos em 44 países.
  • As escolas primárias e secundárias do Distrito Escolar de Kamloops / Thompson , Colúmbia Britânica, Canadá, migraram para GNU / Linux e software livre. Aproximadamente 15 mil estudantes atendidos em 2005. Leia novas informações de 2008 sobre o andamento e o êxito de Debian GNU / Linux nas escolas, que está se ampliando por maior número de escolas canadenses.
  • O Department of Energy's (DOE) Pacific Northwest National Laboratory (PNNL), Richland, Washington, contratou aquisição de um cluster Linux que deve alcançar mais de 100 Tera Flops.
  • A Marinha dos Estados Unidos, emitiu resolução que exige que toda nova aquisição de programas e serviços considere formalmente as opções em software livre.
  • O Distrito Escolar Unificado de San Diego, Califórnia, USA, o oitavo maior dos EUA e o segundo maior da Califórnia, está fornecendo notebooks com Linux para 130 mil alunos e 7 mil professores.
  • O Departamento de Meio Ambiente, Alimentos e Assuntos Rurais do governo da Inglaterra, eterno fiel escudeiro da Microsoft, lança programa calculador de emissão de CO2 em software livre.
  • 59% das empresas da Alemanha, 48% da Grã-Bretanha e 38% das do Canadá, já usam software livre segundo pesquisa . Que também enumerou os motivos da escolha, vantagens e dificuldades na migração.
  • O Estado de Kerala, Índia, já migrou 3 mil desktops para Linux.
  • A Câmara dos Deputados da Itália irá migrar 3500 computadores, desktops e servidores, para GNU / Linux.
  • A Suprema Corte de Allahabad , Uttar Pradesh, Índia, implantou seus serviços de informações judiciários e worgroup com software livre e entregou aos juízes laptops com GNU / Linux e software livre para o desempenho de suas funções.
  • O Ministério da Agricultura e da Pesca da França fechou contrato para migrar seus 400 servidores para Linux.
  • A IBM poupa US$ 250 MILHÕESconsolidando 4 MIL servidores em 30 mainframes rodando GNU / Linux.
  • Estão acontecendo migrações em empresas da Índia envolvendo cada uma de 10 MIL a 60 MIL máquinas desktops e servidores CADA UMA. Veja outra matéria sobre o assunto, listando mais empresas e repartições públicas da Índia, com detalhes sobre as migrações maciças de desktops para GNU / Linux.
  • O escritório de advocacia Whitelaw Twining , Vancouver, Canadá, iniciou migração para GNU / Linux depois de perder tempo, dinheiro e dados por causa de vírus e cavalos de tróia.
  • As escolas públicas do estado de Tamil Nadu , Índia, estão abandonando Windows e migrando 30 MIL desktops e 1880 servidores para GNU / Linux.
  • Transcontinental Impex Pvt. Ltd, uma pequena empresa da Índia (20 empregados), opera completamente com software livre e GNU / Linux.
  • O Exército dos Estados Unidos da América implantará Oracle 11g sobre Linux em 2007.
  • O governo da Noruega inaugura um Centro de Desenvolvimeno para Software Livre.
  • O Ministério da Educação da França completa migração de 3 mil servidores para Linux.
  • Escolas de Israel começam a usar Linux e software livre.
  • Empresas da Índia começam a participar na comunidade de software livre.
  • A Universidade de Maryland, USA, criou um sistema com PostgreSQL para integrar os dados de quatro agências de trânsito (Virginia, Maryland, District of Columbia, Washington Metropolitan Area Transit Authority) em tempo real e diminuir os efeitos de acidentes e tráfego lento na área de Washington, DC, EUA.
  • A empresa aérea Virgin America, EUA, migra para Linux.
  • A gigante da área de redes 3Com lança Open Services Networking, baseado em GNU / Linux, visando formar um ecosistema mais amplo de parceiros desenvolvedores e diferenciar-se dos competidores.
  • A companhia aérea Spanair , Palma de Mallorca, Espanha, com 62 aeronaves e 2535 funcionários em julho 2007, migrou 3 áreas chave para Red Hat Linux, rodando o data warehouse em Oracle 10g R2 em servidores HP Proliant.
  • Banco do Brasil inicia até final de 2007 a migração de todos seus 15 mil terminais de autoatendimento para Linux. Todos os servidores de agências já rodam GNU / Linux.
  • O Canadian Labour Congress , Ottawa, Ontario, Canadá, migrou para OpenOffice.org.
  • A prefeitura de Amsterdã , Holanda, apresentou um plano de migração para software livre de 10 mil usuários a ser votado em dezembro de 2007.
  • Todas as escolas da Rússia migrarão para Linux e software livre até 2009.
  • Apoteket , a rede estatal de farmácias da Suécia, migrarátodos os servidores de suas 900 lojas para Linux e portará seu ERP para Linux.
  • O governo de Angola escolheu GNU / Linux para implantar sua sociedade da informação.
  • Na Macedônia será implantado GNU / Linux em todas as escolas, 180 mil desktops, a um custo de US$ 70 por unidade em hardware e software. Serão 20 mil servidores GNU / Linux com 180 mil thin terminals.
  • OpenOffice.org instalado em computadores vendidos no WalMart são um sucesso em 2007.
  • As escolas do Distrito Escolar Unificado de Windsor , Califórnia, EUA, migraram a maior parte das máquinas para Linux e ou software livre e obtiveram ganhos de mão de obra, disponibilidade, estabilidade, segurança e custos.
  • A escola Our Lady of Lourdes College Foundation, Daet , Camarines Norte, Filipinas, migrou para GNU / Linux.
  • Tribunal de Justiça de Sergipe migrou para GNU / Linux e em 2007 adota portal em software livre.
  • O canal de previsões climáticas Weather concluiu migração de bancos de dados proprietário e web site para programas de software livre.
  • The Commission on Information and Communications Technology, CICT, Filipinas, implantará GNU / Linux em 320 escolas, para informatização com 20 computadores, 1 servidor, rede sem fio, projetor LCD, impressora multifunção e 2 aparelhos de ar- condicionado, além de todo software necessário e livre.
  • As bibliotecas públicas da Romênia implantarão um sistema de gerenciamento em software livre.
  • Cadec Global LLC, New Hampshire, EUA, migrou para Oracle rodando sobre GNU / Linux.
  • Governo da África do Sul adota ODF como padrão de comunicações e armazenamento de documentos.
  • O departamento de compras da Marinha dos Estados Unidos (US Navy) migrou seu site para gerenciador de conteúdo (CMS) de código livre EzPublish , que tem contrato de suporte técnico comercial opcional disponível. O fato de terem 13 anos de gigantesco legado, necessidade de extensa personalização e requisitos extremos de segurança, tornou uma tarefa nada trivial.
  • A rede de lojas Wal Mart vendeu 10 mil computadores básicos e baratos para trabalho doméstico, acesso a internet, com GNU / Linux, em menos de 2 semanas.
  • WorkShopLive, uma escola de música online, produziu um site rico em multimídia (10 mil vídeos e 1800 lições em novembro 22007) usando software livre e economizou em licenças, melhorou estabilidade, disponibilidade, segurança.
  • O Departamento de Defesa dos Estados Unidos da América usou software livre na infraestrutura de informática militar de ocupação no Iraque, e realizará uma conferência sobre código aberto em dezembro 2007.
  • Os robôs da NASA que ainda estão em Marte desde 2004, Spirit e Opportunity, usam GNU / Linux e em novembro 2007 superaram em 15 vezes sua expectativa de prazo de funcionamento.
  • A união das polícias da Alemanha, descontente com a instabilidade (50 horas de downtime em 2007) desempenho (até 90 minutos para conseguir um relatório) e custo (73 milhões de Euros), emitiu nota oficial afirmando que é hora de abandonar sistemas baseados em software da Microsoft e procurar alternativas livres.
  • Empresas petrolíferas usam GNU / Linux em clusters de grids computacionais para reduzir o número de perfurações necessárias para um dado campo petrolífero (cada perfuração custa US$ 100 milhões) e aumentar eficiência na exploração do lençol petrolífero (cada 1 ponto percentual poder representar bilhões de dólares em lucros).
  • O governo do Peru assina contrato para implantar 260 mil unidades do OLPC nas escolas. E o bilionário mexicano Carlos Slim doou verba para 50 mil unidades do OLPC no México. O OLPC roda GNU / Linux e é implantado com base em servidores GNU / Linux.
  • A software house McKesson, especializada em sistemas para hospitais e médicos, atendendo 2500 hospitais em 2007, portou a maior parte de seus aplicativos para GNU / Linux, para baixar os custos de implantação aos seus clientes, pois as licenças de software dos sistemas operacionais eram apenas custos repassados que impunham barreiras às vendas de seus sistemas.
  • A Navicron, empresa de softwares para celulares, desenvolve sobre GNU / Linux para ter maior agilidade, flexibilidade e abrangência de portfólio de soluções num mercado tão rápido quanto o de celulares.
  • O governo da Holanda definiu que até abril de 2008 suas agências começarão a usar software livre e armazenar documentos em formato livre padrão ODF. E até 2009, as agências estaduais e municipais.
  • O Ministro da Justiça da Nova Zelândia afirma que software livre é mais estável, suportável e mais eficiente em custo do que soluções proprietárias e que será opção preferencial nas futuras decisões de compras e implantações.
  • A Novell fecha contrato com Office Depot para esta padronizar seus servidores em GNU / Linux.
  • A bolsa de valores de Nova York (NYSE) utiliza Linux já em várias aplicações.
  • As urnas eletrônicas para votações no Brasil passarão a usar Linux a partir de 2008.
  • EsSalud, a empresa estatal de assistência médica do Peru, migrou e consolidou usando GNU / Linux.
  • O Ministério da Economia e Finanças da Itália escolheu GNU / Linux para rodar algumas de suas aplicações de missão crítica.
  • A Agência Federal para Emprego da Alemanha (Bundesagentur für Arbeit) completou migração de 13 mil máquinas de auto atendimento para GNU / Linux, conforme comunicado oficial.
  • Etelos, uma empresa de CRM dos Estados Unidos, migrou para GNU / Linux.
  • O governo das Filipinas instalará 23 mil computadores com GNU / Linux em escolas públicas no país.
  • A BBC UK, Inglaterra, migrou seu sistema de produção de vídeos em tempo real para GNU / Linux e, em testes desde 2005, determinou que a solução GNU / Linux é mais rápida e barata até que soluções em hardware. Veja aqui também. A BBC ainda abriu o código do seu programa Ingex.
  • O departamento de Polícia Militar da França, a Gendarmerie Nationale, iniciou a migração de 70 mil desktops para GNU / Linux, que deve completar em 2014. Já executaram a migração para OpenOffice, Firefox e Thunderbird e estão economizando US$ 10.3 milhões anualmente.
  • A rede de supermercados Angeloni, de Santa Catarina, Brasil, automatiza seus terminais de ponto de venda usando Fedora GNU / Linux, informação constatada pessoalmente.
  • Pequeno computador embarcado tático militar usa GNU / Linux.
  • Uma microempresa de desenvolvimento web norte americana calculou ter poupado US$ 100 mil usando GNU / Linux e softwares livres.
  • Banco do Brasil inicia 2008 com 50 mil desktops usando GNU / Linux e um total de 90 mil máquinas usando BrOffice. Já economizou R$ 60 milhões e economizará mais R$ 30 milhões até 2010.
  • A empresa Sabre Holdings, EUA, 9 mil empregados em 45 países oferencendo sistemas e serviços para agentes de viagem e turismo, roda software livre em 5 mil de seus servidores.
  • O Departamento de Defesa dos EUA já iniciou a migração de toda rede de comunicações das forças de combate para GNU / Linux, o que levará anos devido às dificuldades de aprisionamento pelo fornecedor proprietário anterior.
  • Em 2007, 73% das grandes empresas brasileiras, e 31% das pequenas, já usavam software livre. Analistas agora acreditam que as grandes empresas, mais fiscalizadas e menos propensas à pirataria, prefiram pagar por consultoria e suporte em software livre a ficarem aprisionadas em um fornecedor proprietário. Já abordamos o assunto na série de artigos "a batalha pelo controle" e "pirataria é ruim para software livre".
  • Em 2007, houve um crescimento de 5,4% no número de PCs com software livre no Brasil. Entre empresas que já utilizavam em 2006, o crescimento médio foi de 12,4%. Repare que 8% das pesquisadas usam somente aplicativos de software livre, e que 1% usa totalmente software livre, incluindo sistema operacional.
  • Paylocity, EUA, presta serviços de folha de pagamento e recursos humanos, iniciou migração de alguns serviços para GNU / Linux e está colhendo resultados positivos.
  • O Distrito Escolar da Área de Athens, Michigan, EUA, migrou as escolas e o ensino de informática para software livre e agora ajuda a divulgar para outras administrações escolares os resultados da experiência positiva.
  • Leia o relato da migração para software livre na Câmara Municipal de Timóteo, MG.
  • Acuity Brands, Inc. , Atlanta, Georgia, USA, uma empresa de material elétrico, 7 mil empregados, US$ 2 bilhões em vendas em 2007, migrou para GNU / Linux suas aplicações críticas em 2002 e está satisfeita. Isso que a empresa se auto define uma Windows-shop.
  • A Marinha dos EUA anunciou em março de 2008 que somente adquirirá sistemas baseados em tecnologias e padrões abertos, pois não pode mais suportar os galopantes custos totais de propriedade de sistemas proprietários e que estava inaceitavelmente perdendo vantagem militar estratégica por isso.
  • O Condado de Bristol, Inglaterra, decidiu utilizar padrão ODF e foi possível migrar para StarOffice, a versão comercial com suporte do OpenOffice.org, viabilizando uma economia de 1,4 milhões de Euros nos 5500 desktops.
  • O Malaysian Administrative Modernization and Management Planning Unit (MAMPU), Malásia, adotará o formato de arquivos ODF, viabilizando a migração para OpenOffice.org e a descontinuação do software legado Microsoft Office até o final de 2008.
  • O Serviço Postal da Rússia migrará para GNU / Linux em 2008.
  • A Baldor Electric Co., Fort Smith, Arkansas, EUA, fabricante de motores elétricos industriais que fatura US$ 1,8 bilhões anualmente, migrou de 20 servidores windows e 9 Unix para 58 servidores virtuais Linux rodando em mainframe IBM e reduziu a despesa de TI em 43%.e não teve uma parada de sistemas desde 2006 enquanto a empresa cresceu mais de 120%.
  • A organização não governamental educacional Sesame Workshop, Vila Sésamo que existe desde 1968, migrou para virtualização sobre e de Linux, conseguindo reduzir em mais de 10 vezes as despesas de TI.
  • As 430 mil urnas eletrônicas a serem utilizadas nas eleições brasileiras de 2008 migrarão para GNU / Linux. Leia mais no site de notícias do TSE , também aqui.
  • O governo do Cantão suíço de Genebra, anunciou que migrará 9 mil computadores em escolas para GNU / Linux, encerrando o período de aclimatação com dual-boot. Mais informações, em inglês, aqui.
  • O governo do Cantão suíço de Basel-Landschaft anunciou que migrará o Serviço Central de Tecnologia da Informação para GNU / Linux e programas de software livre como Postgresql.
  • A Siemens IT Solutions and Services migra 350 servidores SAP sobre Oracle com 120 mil usuários para Linux e reduz custos em 25%.
  • O Westall Secondary College, Melbourne, Austrália, migrou computadores para Linux e economizou verbas, pode controlar corretamente a segurança, e extendeu a vida útil de computadores que já não podiam mais dar conta da carga de processamento e necessidades de memória com sistemas operacionais proprietários, antivírus, firewall, programas de auditoria de autenticidade, etc.
  • Um quinto (400 computadores) das máquinas da prefeitura de Freiburg, Alemanha, já migrou para aplicação de escritório em código livre OpenOffice.org e a administração já definiu que usará o formato ODF em vez do defeituoso e corrupto ms-ooxml.
  • Mercian Labels, Inglaterra, migrou para GNU / Linux e agora tem infra-estrutura escalável linearmente, resistência a ataques de vírus e cavalos de tróia, caminhos de upgrade fáceis e acessíveis, mudanças de sistemas controláveis, liberdade de fornecedores, custos mais baixos, e uma disponibilidade muito maior.
  • O Governo da República do Equador decretou o uso de Software Livre na Administração Pública Central a partir de 10 de abril de 2008. O decreto 1014 estabelece como política para as entidades da Administração Pública Central.
  • A Bolsa Mercantil de Chicago (Chicago Mercantile Exchange), EUA, migrou para GNU / Linux para ter uma solução escalável e econômica. Passou de 800 para 4000 servidores, o tempo de cada transação reduziu de 0,2 segundos para 0,02 segundos. O número de contratos anuais subiu de 250 milhões para 1,2 bilhões, num valor de US$ 1,2 QUATRILHÃO.
  • Infraero migrará suíte de escritórios para BrOffice.org e economizará R$ 4 milhões por ano.
  • GNU / Linux na Fórmula 1, SuperBike e MotoGP: Ferrari usa cluster de 500 máquinas, Mclaren usa supercomputadores, Ducati Motorcycles, BMW / Willians, Renault. Razões: confiabilidade, desempenho, razão custo / benefício, versatilidade, escalabilidade (de embarcado a supercomputadores e clusters). Num ambiente hipercompetitivo desses, desempenho máximo exige mudanças e evoluções a cada 20 minutos. Leia mais.
  • Em Mumbai, Índia, mais de 3540 ônibus já usam tarifação e catracas eletrônicas rodando sobre Linux, 40 ônibus têm até GPS para monitorar tráfego dos passageiros. 120 pontos de venda de cartões eletrônicos sem contato também rodam sobre GNU / Linux e 450 trens também já estão sendo equipados.
  • A NYSE Euronext, o maior grupo de bolsa de valores do planeta, movimentando mais de US$ 140 bilhões por dia, migrou para GNU / Linux.
  • A administração regional de Moscou, Rússia, iniciou migração para GNU / Linux e aplicações livres como OpenOffice.org.
  • A empresa de serviço postal da Rússia iniciou migração de 125000 desktops para GNU / Linux. Mais detalhes aqui.
  • Moses Taylor Hospital, Scranton, Pennsylvania, EUA, migrou solução de correio eletrônico de MS Exchange para Post-Path Server, um clone do ponto de vista dos usuários, após 6 meses de avaliações e projeto piloto, economizou estimados 50% em custos e conseguiu atender funcionários até então excluídos dos serviços devido aos altos custos. Também viabilizou aumento do espaço para cada usuário e aumentou a confiabilidade e disponibilidade do sistema, que na época do MS Exchange sofria panes frequentes e havia dificuldade de recuperação de mensagens e restauração de backups.
  • Veja uma outra lista, contendo mais de 100 casos de grandes migrações para GNU / Linux.
  • LoneStar, um supercomputador em cluster (55 TFlops) do Texas Advanced Computing Center, EUA, realizou uma cirurgia para câncer a laser em um cachorro, autonomamente.
  • A empresa de seguros saúde Iman International Pty Ltd, Sidney, Austrália, desde 1981 usava Microsoft, e em 2006 migrou quase completamente para Software Livre e Linux. Agora economiza AUS$ 300 mil por ano só em licensas de SO e recuperou investimento em 12 meses, reduzindo custos operacionais de TI em 60% , mesmo tendo um custo anual de manutenção e evolução continuada de sistemas de AUS$ 200 mil. Conseguiu um diferencial competitivo de análises de concessão em tempo real, reduzindo os riscos, custos.
  • O projeto de informatização com software livre nas escolas da Rússia ampliou seu piloto.
  • A Diocese de Sidney, Austrália, da Igreja Anglicana, decidiu migrar para aplicações de software livre e GNU / Linux e estima econmizar AU$ 150.000 por ano.
  • O Instituto Federal Alemão de Geociências e Recursos Naturais migrou para gerenciador de bancos de dados livre, GNU / Linux e OpenSolaris e agora tem melhor desempenho, ótimo apoio técnico da comunidade livre, melhor confiabilidade e disponibilidade de dados.
  • Vídeo com informações sobre o uso de Linux nas Casas Bahia.
  • Os residentes da cidade de Felton, Califórnia, EUA, querem passar ao menos uma semana com software livre, se preparando por 3 semanas com cursos e install fests. Para mostrar ser possível.
  • O Escritório de Patentes da Holanda decidiu migrar a sua estrutura de informática para programas de código aberto e padrões abertos. Leia as justificativas.
  • O Banco do Brasil iniciará a migração de 39 mil caixas eletrônicos (ATM) para GNU / Linux.
  • Leia sobre a experiência da cidade de Katowice, Polônia, utilizando OpenOffice.org paralelamente a MS-Office, numa migração progressiva.
  • A região autônoma da Sardenha, Itália, publica proposta de lei para utilizar software livre e GNU / Linux em toda administração pública regional.
  • A Bovespa contrata a NYSE Euronext para as negociações eletrônicas. As operações da Bovespa já paralizaram algumas vezes por problemas técnicos nos servidores MS Windows. A NYSE Euronext opera volumes muito maiores (US$ 140 bilhões por dia, listados aqui nesta página), sem incidentes de monta, rodando sobre GNU / Linux.
  • O governo da Noruega patrocina estudos e projetos para aumentar o uso de suíte de escritório livre no governo federal.
  • 80% dos usuários da Assembléia Legislativa da França, que migrou para Linux em 2007, estão satisfeitos e querem que Linux permaneça nos desktops.
  • A CQ University, com 20 campus distribuidos pela Austrália e Oceania, migrou os sistemas críticos para GNU / Linux e conseguiu menores custos, maior desempenho, melhor gerenciamento, confiabilidade e suporte.
  • A eConfirm, Austrália, implantou serviço de SMS corporativo sem contratos fixos, (pay as you go), sobre Linux e outros programas de código livre.
  • 13 mil PCs com Linux já foram instalados nas escolas das Filipinas e outros 10 mil serão instalados.
  • A Procuradoria Geral do Estado do Ceará, Brasil, migrou 100% dos seus computadores para Linux e vários programas de software livre.
  • O Banco da Nova Zelândia migrou as aplicações de missão crítica para GNU/Linux rodando em mainframes. Deverá ganhar 20% de ROI entre outros ganhos.
  • O Departamento de Polícia (Gendarmerie) da França está migrando para GNU/Linux e já reduziu 70% da despesa em Tecnologia da Informação e já economizou 50 milhões de Euros de 2004 ao fim de 2008.
  • O Governo da Grã-Bretanha planeja incentivar o uso de Software Livre nos órgãos públicos, pois outros países já demonstram economias e flexibilidades pela liberdade de fornecedor. Espera poupar 600 milhões de libras esterlinas.
  • Handelsbanken, o quarto maior banco nórdico, com sede em Estocolmo, Suécia, implantou seu novo home-banking sobre serviços virtualizados geograficamente distribuidos em GNU/Linux rodando no mainframe.
  • A Nortel Networks, USA, investiu US$ 250 milhões em pesquisa e desenvolvimento na escolha de GNU / Linux como sistema operacional de sua plataforma de roteamento de redes corporativas VSP 9000 capaz de rotear 27 Terabits por segundo.
  • A cidade de Santa Rosa, Califórnia, EUA, ampliou o uso de GNU / Linux nas escolas do condado de Sonoma, após um projeto piloto de 3 anos onde os programas, treinamentos de professores, e implementações em LTSP e thin clients atingiram a maturidade.
  • O Centro Nacional Suíço de Supercomputação (CSCS), Lugano, Suíça, contratou aquisição de uma máquina GNU/Linux com capacidade de 146.1 Teraflops.
  • O US Postal Service (Correios dos EUA) migrou seu Sistema de Rastreio de Produtos para rodar sobre GNU/Linux em mainframe, substituindo 1300 servidores de médio porte. O Sistema de Rastreio de Produtos foi escrito em Cobol e vem evoluindo fazem 15 anos. Em 2009 são inseridos 40 milhões de eventos por dia.
  • O governo da Venezuela irá prover 50 mil mini laptops rodando GNU / Linux para os estudantes do país no segundo semestre de 2009.
  • O titular da firma de advocacia Steven A. Reiser PLCC, Seattle, Washington, EUA, relata a experiência de sua empresa operando com software livre e Linux nos computadores.
  • Em 3 escolas públicas do distrito de de Athens, Michigan, EUA, com uma verba anual de apenas US$ 5 mil para as 3, foi utilizado GNU /Linux e software livre para livrarem-se do gerenciamento de licenças, vírus, cavalos de tróia, desconfigurações de sistemas windows, e limitações dos programas que poderiam utilizar. Puderam reaproveitar eficientemente computadores doados e ou obtidos a baixo custo e prover serviços aos professores e alunos antes inviáveis. Leia mais sobre a experiência deles.
  • A seguradora Allianz Australia economizou AU$ 1 milhão ao migrar de 60 servidores Windows para 1 (um) servidor GNU / Linux com máquinas virtuais. E espera migrar mais uns 50 servidores.
  • O filme Avatar foi elaborado em um supercomputador em configuração de cluster rodando GNU / Linux.
  • Os terminais de autoatendimento bancário (ATM) do Banco do Brasil já começaram a migração para GNU / Linux.
  • A Bolsa de Valores de Londres, Inglaterra, iniciou uma migração de seu sistema de missão crítica para GNU / Linux, abandonando o .Net e MS-Windows depois de prejuízos milionários por várias falhas catastróficas nos 2 anos de vida desses sistemas.
  • A Albany Senior High School, Albany, Nova Zelândia, migrou completamente para GNU / Linux. Em apenas 5 semanas. Apesar de o setor educacional da Nova Zelândia ser dominado pela Microsoft e obrigar ao uso de grandes instalações, por orientação governamental. Em vez de 196 servidores, utilizam apenas 4 servidores GNU / Linux na rede de desktops GNU / Linux, com segurança apropriada para permitir que os alunos conectem quaisquer dispositivos à rede para experimentações, desde PSPs a Macs. E conseguiu adaptar alguns programas específicos como open source.
  • Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba adere a software livre e economiza R$ 700 mil.
  • O parlamento da Dinamarca votou e aprovou o uso oficial de documentos em formato aberto ODF, migrando de formatos proprietários.
  • Vietnam Joint Stock Bank for Industry and Trade (VietinBank), escolheu Linux rodando em mainframe IBM System z10.
  • A Bolsa de Valores de Toronto e Montreal, Canadá, já usa GNU/Linux e a Bolsa de Valores de Londres está preparando sua migração de Windows para Linux.
  • A Bolsa de Valores de Joanesburgo, África do Sul, migrará para GNU / Linux.
  • O Distrito Escolar de Dysart, Arizona, EUA, economizou US$ 100.000,00 ao migrar para GNU / Linux.
  • LVM Versicherungen, seguradora da Alemanha, migrará 10 mil computadores pessoais para GNU / Linux.
  • Government Communications Headquarters - GCHQ, uma das agências secretas de segurança da Inglaterra, migrou seus computadores desktop para GNU/Linux, por maior segurança, maior desempenho e menores custos. O UK Met Office, departamento de previsões meteorológicas, também migrou, relatado na mesma matéria. Ainda relatado na mesma matéria, o governo da Andaluzia, Espanha, migrou 220 mil desktops para GNU/Linux.

Mais informações:

Veja quem JÁ ESTÁ ganhando mais dinheiro por utilizar Linux. Casos de sucesso.

Empresas e instituições BEM GRANDES e pequenas já estão mais lucrativas e eficientes utilizando Linux.
Empresas enormes, conservadoras e cuidadosas, receosas de mudanças que pudessem abalar os processos empresariais, já migraram e estão mais ágeis, no controle dos recursos de informática e mais lucrativas.
E a SUA empresa?

Revelando a verdade, desmontando o FUD

A tática de espalhar FUD (medo, incerteza e dúvida) no mercado é um antigo golpe dos "espertos". Para você não "cair" na conversa macia é preciso informação sólida.

Linux JÁ ESTÁ nas grandes empresas.

A pergunta não é mais "se" ou "quando" o Linux vai estar pronto para grandes empresas.
A pergunta é QUANDO SUA empresa vai estar pronta para ser grande com Linux.
Veja os exemplos no artigo.

Comentários

Usuários registrados têm permissão para criar comentários.


Translate this page.  

Add to Free Software Daily   
  
Follow meon