Revelando a verdade, desmontando o FUD

A tática de espalhar FUD (medo, incerteza e dúvida) no mercado é um antigo golpe dos "espertos". Para você não "cair" na conversa macia é preciso informação sólida.
Público alvo
Este texto é focado nos tomadores de decisão sobre informática nas empresas, que nem sempre estão a par dos detalhes operacionais da administração de sistemas. Muitas vezes, o presidente é quem decide, porém é um usuário, não administrador de sistemas.
Justamente são as pessoas mais vulneráveis à conversa macia e manipulações.
Fique atento e tome decisões com as informações corretas.
Os programadores e administradores de sistemas que fazem as coisas acontecerem e funcionarem são notóriamente limitados em apresentar os fatos a pessoas fora do círculo técnico (e às vezes até dentro dele).
Com esta infelicidade, você pode ficar à mercê dos "espertos".
História
Para quem ainda não conhece o histórico, é fundamental ler a progressão e mutação da estratégia de competição da M$.
É muito importante você conhecer história, pois alguns acontecimentos e atitudes são previsíveis num contexto.
Continue lendo e entenderá como a História se repete mais adiante.

O que não querem que você saiba jamais
Farei um brevíssimo resumo (muitos tópicos e detalhes omitidos aqui) dos documentos Halloween:
  • Numa longa e detalhada análise competitiva interna criteriosa, a M$ conclui que o uindous* não tem mais chance como produto.
  • O modelo de desenvolvimento do software livre já demonstrou resultados superiores.
  • Os recursos de programação (2) e velocidade de evolução (3) do Código Livre são pelo menos uma ordem de magnitude maior.
  • Portanto, o uindous* não conseguirá mais ultrapassar a superioridade técnica do software livre.
  • Mesmo sem verba de marketing, o código livre é adotado cada vez mais rápido em quase todos os setores. Numa taxa de crescimento cada vez maior.
  • Por não existir uma empresa que o controla, controle difuso mas coerente, as antigas táticas de destruição de competidores não funcionam.
  • Óbvias mentiras e negações de realidade não surtiram efeito e até se voltaram contra.
  • Novas táticas, baseadas nos pontos fortes restantes da empresa devem ser adotadas, já que a qualidade do produto não garantirá sobrevivência.
  • Padrões de interoperabilidade e portabilidade precisam ser distorcidos para tornar todos reféns. Usuários não podem ter opções.
  • Governos não poderão mais adotar software livre. A qualquer custo.
  • O software livre precisa ser barrado no flanco legal de alguma forma.

Mudança de tática: nasce o FUD
A mais recente faceta da guerra total do monopólio (1) contra o software livre é uma campanha de meias verdades, manipulações, conversa macia, e espalhar o FUD (medo, incerteza, dúvida).
Nesta nova tática, a estratégia é "patrocinar" e "facilitar" estudos "científicos" executados por terceiros.
Também é comum fabricar " vaporware" para retirar impulso de um eventual concorrente.

Revelando a verdade

Números da vida real
Os casos de sucesso Linux no quadro em destaque são números da vida real, não folhetos de marketing tentando lhe contar "fatos" de laboratórios próprios ou contratados.
Deve haver algo real para um sistema que não tem verba de marketing conseguir ser cada vez mais adotado a despeito de campanhas multibilionárias em contrário.

Análise técnica de FUD
Existe um Guia das Falácias (versão original em inglês) que faz uma análise BEM técnica de uma faláciaextremamente bem construída.
É um guia de análise das mais complexas, elaborada e arquitetadas e verossímeis mentiras e ilusões.
Tenha um dicionário à mão.
Algumas falácias são extremamente elaboradas e iludem o mais erudito interlocutor.
Indispensável leitura para qualquer um que não queira ser enganado, iludido em qualquer assunto (não só informática). Nem ser vítima incauta de "conversa".

Desmontando o FUD
Talvez o melhor documento de refutação e revelação da verdade dos fatos, seja o cuidadosamente redigido pela Novell.
Leia as várias partes a partir do site.
Há mais um site de revelação de fatos.
Criaram um site brasileiro para combater o FUD.
Existem alguns vídeos curiosos, que levantam questões para meditação.

A História se repete.
"Primeiro eles o ignoram. Então riem de você. Então lutam contra você. Então você vence". Gandhi.
Não se deixe enganar.
Retome o controle das suas informações.

Riscos desnecessários
Se você tiver suficiente espírito crítico e informações e desejar se arriscar (e colocar a cabeça na boca do leão) na, provavelmente, melhor orquestração de maior máquina de marketing do planeta, pode tentar ler as suaves conversas da campanha FUD (medo, incerteza e dúvidas).
Cuidado, a argumentação é inebriante, como a de um Don Juan deflorador de donzelas.
Só que a donzela é você e perderá a sua liberdade de escolha e seu saldo bancário.
Como todo político profissional sabe, é muito importante ser convincente, parecer verdadeiro e ter factóides à mão para sustentar as afirmações.
Assim, "verdade" fica sendo um ponto de vista, num contexto e instante.
Só que a CPI acaba no seu bolso.
Se você já tiver boa informação, quando ler a fantasia contada na campanha FUD reconhecerá a fábula da roupa nova do imperador.

(1) Guerra total sim. Leia lá nos documentos Halloween que é isso mesmo que eles escolheram, sem necessidade.
(2) Os recursos de programação são entendidos nos documentos Halloween como número de programadores e programas disponíveis.
(3) A velocidade de evolução nos documentos Halloween é entendida como a freqüência das (micro)versões e correção de bugs e implantação de melhorias.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Avaliação do Apple Smart Keyboard para iPad Pro 10.5

IPad Pro pode substituir notebook?

Como instalar Oracle Client no Debian e Ubuntu